Recursos

Recursos Recolha e texto de Madalena Santos

Nesta secção sugerimos um conjunto de recursos disponíveis na net que podem ser úteis para quem se interessa pela aprendizagem da matemática ao longo da vida (de natureza formal ou informal). São alguns exemplos de sítios onde se podem encontrar recursos para pensar ou para planear actividades de aprendizagem para diferentes contextos. Algumas das ligações apontam para sítios com uma grande diversidade de recursos, outras direccionam-se para secções ou documentos mais específicos.

As sugestões aqui apresentadas incluem ligações para:

- sítios com material de natureza teórica ou que descreve e analisa experiências do terreno;
- teses ou estudos relativos à problemática da aprendizagem da matemática por adultos;
- sítios com recursos que permitem fazer experiências matemáticas online que podem ajudar a compreender conceitos matemáticos, a consolidar conhecimentos ou a analisar fenómenos.

1. Sítios com suportes teóricos e descrição e análise de experiências no terreno

ALM - Adult Learning Mathematics

Sítio internacional (em língua inglesa) para investigadores e práticos sobre a problemática do ensino e da aprendizagem da matemática por adultos. Uma das vertentes fortes deste sítio é a edição da revista (ALM Journal) cujos artigos pode ler online os textos das várias conferências.
http://www.alm-online.net/

OVAE - Mathematics in Adult Education and Literacy

Secção do sítio oficial (dos Estados Unidos da América) da Educação Vocacional e de Adultos dedicado à Matemática na Educação e Literacia dos Adultos. Aqui encontra duas secções a que vale a pena dedicar alguma atenção – Investigação e Avaliação e as Ligações Adicionais onde encontra ligações para sítios de recursos para alunos e para professores assim como para foruns de diálogo entre profissionais ou até para colocar dúvidas de matemática.
http://www.ed.gov/about/offices/list/ovae/pi/AdultEd/math.html

Numeracia

Um número especial dedicado à matemática, editado pela revista "Focus on Basics - Connecting Research and Practice" do National Center for the Study of Adult Learning and Literacy (NCSALL) - Vol 9, nº A, Maio de 2008.
http://www.ncsall.net/fileadmin/resources/fob/2008/fob_9a.pdf

2. Teses ou estudos sobre a aprendizagem da matemática por adultos

A modelagem matemática como alternativa de ensino e aprendizagem da geometria na educação de jovens e adultos, Rosalda Lopes de Oliveira, 2004.
Tese de mestrado apresentada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

Além de uma reflexão teórica, esta tese apresenta um conjunto de propostas de actividades desenvolvidas com os alunos e analisa o desenvolvimento dessas mesmas actividades. Utilizou-se a Modelagem Matemática como forma de valorizar o saber fazer dos alunos tendo-se verificado que, nesse contexto, eles desenvolviam métodos de aprendizagem significativa que os auxiliaram a construir relações da Matemática com outras áreas do conhecimento e dentro da própria Matemática.

http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1313

CURRÍCULO, ETNOMATEMÁTICA E EDUCAÇÃO POPULAR: um estudo em um assentamento do movimento sem terra, Gelsa Knijnik.

Artigo da Revista Currículo sem fronteiras, vol 3, nº1, Jan/jun 2003.

Neste artigo descreve-se e analisa-se a terceira etapa de uma pesquisa realizada num assentamento do Movimento Sem-Terra do Rio Grande do Sul, tendo como foco principal as conexões entre a Educação Popular e a vertente da Educação Matemática denominada Etnomatemática. Este ensaio, especificamente, foca-se nas repercussões de um projeto pedagógico centrado numa das atividades produtivas da comunidade (cultivo de alface), examinadas através das inter-relações estabelecidas pelos diferentes actores sociais envolvidos no processo: professora de Matemática e alunos da 7ª série da escola do assentamento, famílias assentadas e o agrónomo que realiza o acompanhamento técnico. As inspirações teóricas do trabalho baseiam-se na literatura relativa à Educação Popular e à Etnomatemática.

http://www.curriculosemfronteiras.org/vol3iss1articles/gelsa.pdf

Educação Matemática: Formação de Alfabetizadores de Jovens e Adultos, Maria Auxiliadora Antunes dos Santos, 2004, Brasília.

Apresentação de uma pesquisa efectuada no âmbito do desenvolvimento da tese de mestrado em Educação que visava (i) o estudo do processo da formação de alfabetizadores de jovens e adultos, enquanto sujeitos capazes de identificar elementos matemáticos no contexto do aluno e (ii) analisar o significado dos elementos que constituem a alfabetização matemática.

http://www.ufmg.br/congrext/Educa/Educa73.pdf

3. Sítios de recursos para ajudar a desenhar actividades de aprendizagem matemática (online)

European Network for Motivational Mathematics for Adults (EMMA)
Portal orientado para as dificuldades com a numeracia nos adultos em que encontra vários recursos interessantes (na secção Materials). Pode aceder-se em várias línguas mas não em português.

http://www.statvoks.no/emma/index.htm

Adult Literacy Resource

Portal da Austrália, dedicado à literacia no âmbito da educação dos adultos, com várias secções dirigidas à questão da numeracia.

http://www.adultliteracyresource.edu.au/

Radical Math

Sítio dedicado a formas de integrar as questões da justiça social no curriculum da matemática onde têm acesso a textos, guias e materiais para suporte de trabalho.

http://www.radicalmath.org/

Matemáticas experimentais

Sítio editado pela UNESCO que dá acesso a uma exposição virtual com várias situações para os alunos experimentarem, colocarem hipóteses, testarem-nas. Pode usar na versão francesa, inglesa, espanhola ou portuguesa. Quando entrar na secção explore as opções da zona lateral esquerda e da zona superior.

http://www.experiencingmaths.org/

Matemática Hoje

Secção de sítio brasileiro dedicada ao uso da calculadora. Apresenta várias ideias de actividades mas também textos que contextualizam o tema, salientando-se por exemplo, a possibilidade de com a calculadora se tornar acessível aos alunos enfrentar problemas realistas com os números verdadeiros das situações, tal como aparecem na vida cotidiana e nas atividades profissionais.

http://www.matematicahoje.com.br/telas/autor/artigos/artigos_publicados.asp?aux=Calculadoras#Anchor-JJ

Aplicações interactivas (applets)

Sítios onde se encontram vários applets que permitem explorar online conceitos matemáticos através da experimentação. Em geral estão divididos em secções por temas matemáticos (números, geometria, álgebra, estatística...) e existe indicação do nível de ensino. A adequação ao nível de ensino é essenciclamente conceptual no sentido do nível de domínio dos temas matemáticos, não sendo demasiado infantilizante pelo que podem ser usados para os adultos. Existem também recursos de apoio aos professores e, por vezes, sugestões de como utilizar os applets. Trabalhar com os applets é, em geral, de aprendizagem bastante simples mas pode ser útil verificar se é necessário elaborar algum material de orientação a fornecer ao aluno. Em termos técnicos, necessitam em geral que esteja instalado nos computadores a aplicação JAVA.

Interactive (Shodor) - em inglês.

Chama-se a atenção, em particular, para as secções das Actividades (dedicadas aos alunos) e das Lições (dedicadas aos professores).

http://www.shodor.org/interactivate/

National Library of Virtual Manipulatives - em inglês, francês e espanhol.

A selecção faz-se pela conjugação de tema matemático (números e operações, geometria, medição, álgebra, análise de dados e probabilidades) e nível de ensino.

http://nlvm.usu.edu/

Tópicos: